segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Cenas de mãe #27

via

Quando pensámos em ter outro filho, uma das maiores motivações foi mesmo a de darmos um irmão à Luísa. Ambos temos irmãos (eu tenho uma irmã gémea, um dos grandes pilares da minha vida) e o meu marido tem dois irmãos (o Francisco é o irmão do meio e sei que ter mais 2 irmãos tem muito mais impacto nele do que aquilo que ele pensa!) e nunca quisemos que a nossa filha fosse filha única. Agora se teremos mais que dois é assunto para daqui a uns anos... Já tenho 34 e a Luísa e o Tó terão quase 3 anos e meio de diferença, por isso se voltar a ser assim, já terei 37 ou 38 quando voltar a engravidar e não sei se me fará sentido. Na altura pensaremos nisso. 


Voltando ao facto de termos outro filho, a gravidez tem estado a correr lindamente e só engordei 5kg nestes 8 meses e pouco. A médica está contente, eu também e está tudo mais tranquilo do que da primeira vez. É óbvio que a primeira gravidez é sempre especial, exatamente por ser a primeira, mas esta tem um bónus de partilharmos a nossa alegria e o crescimento da barriga e do bebé com a Luísa. A miúda enche a minha barriga de beijinhos e fala imenso no mano Tó, mas se há vezes em que diz muitas coisas fofas sobre o irmão (que vai dar beijinhos, abracinhos e festinhas), noutras alturas percebemos que ainda não percebe bem o que aí vem. Estou a começar a ficar com aquele nervoso miudinho para conhecer o piqueno, mas acho que mais ainda por saber como é que a mana mais velha mais reagir quando vir o irmão pela primeira vez.

Relativamente à ansiedade da gravidez e à preparação da chegada do bebé, confirma-se aqui em casa o que já tenho ouvido e lido por aí. Na 2ª gravidez (e presumo que nas seguintes também!), uma pessoa anda mais relaxada e tranquila com as tarefas. Já não me lembro muito bem quando é que comecei a preparar efetivamente a chegada da miúda, mas sei que mudámos de casa no fim de abril e ela nasceu no fim de junho, por isso entre as arrumações pós-mudança e a baixa antes do parto (fiquei de baixa um mês antes) lá fui fazendo as coisas, mas tenho ideia de ter preparado a mala da maternidade algures a meados de junho, porque fui quase de urgência ao hospital porque os resultados do ctg não estavam normais a  médica preferiu que eu fosse observada no hospital, não fosse acontecer alguma coisa. Desta vez, acho que só vou ter as coisas prontas na véspera (caso se confirme uma cesariana com data marcada) e ainda vou muito a tempo. O Francisco então ainda está mais descontraído que eu. 

A verdade é que no início de novembro teremos um fim de semana de 4 dias em que dará para pôr tudo em ordem  o que ainda falta, que a bem dizer é tudo!!
- lavar e arrumar a roupa do piqueno (mas primeiro há que arrumar a cómoda e o roupeiro da miúda para haver espaço para a roupa do irmão)
- montar o berço e ir procurar o móbil musical que deve estar numa caixa na arrecadação
- lavar os jogos de cama e afins
- lavar e arrumar à mão todos os têxteis que fazem parte da vida de um bebé (fraldas de algodão, swaddles, mantas, toalhas de banho, babetes, fitas de chuchas e afins)
- organizar o quarto da Luísa para a chegada do irmão (organizar brinquedos e escolher o que pode ficar para o mano, mudar a distribuição dos móveis para arranjar espaço para o berço, quando mudar para o quarto da mana)
- preparar o cantinho da muda da fralda com tudo o que faz falta (no quarto da Luísa, no nosso quarto e na sala, porque foi assim que fizemos quando a Luísa era bebé e correu muito bem!)
- ir procurar o termómetro de banho e o corta-unhas e essas coisinhas pequenas que estão no armário da miúda, mas têm de passar a estar à mão
- montar a estrutura da espreguiçadeira e do ginásio e lavar tudo como deve ser
- ir buscar a almofada de amamentação emprestada à minha irmã
- procurar o sling e o wrap para fazermos ainda mais babywearing do que da Luísa
- pôr à mão a alcofa e comprar o ovinho e os encaixes para o carrinho da Luísa
- fazer a mala da maternidade com os essenciais (o hospital disponibiliza imensa coisa, mas há várias coisas que prefiro levar de casa, porque me sinto mais confortável a usar as minhas coisas)

Com esta lista quase infindável chego à conclusão de que parece muita coisa, mas afinal até tenho tudo mais ou menos orientado na minha cabeça e com ajuda do marido e da filhota (que de certeza que vai querer participar em muitas destas tarefas) fazer o ninho para o nosso bebé até vai ser mais fácil e divertido do que parece!

Por enquanto acho é que tenho de mimar muito a minha boneca nestas últimas semanas que lhe restam de filha única :) o resto tem tudo tempo!

Outono, meu amor!


Este outono está a significar calma e tranquilidade aqui por casa e ainda bem! Para além de ser uma época linda por aqui (o que eu adoro estes dourados e estas temperaturas mais fresquinhas?), temos conseguido ter mais tempo em família e acho que estamos a começar a olhar mais para dentro de casa e para esta nossa vida que vai ter uma grande mudança nos próximos tempos com a chegada do António.
É incrível como esta semana já entro na semana 34 desta gravidez tão desejada e que vou ao hospital ter uma consulta com a equipa de obstetrícia para vermos se o parto vai ser cesariana como foi da Luísa ou se vou tentar ter parto normal. E ainda tenho tudo por organizar...
Seja como for, já inaugurámos o outono por aqui e ontem já fizemos bolachinhas e purés de fruta com a nossa miúda e acho que daqui até ao Natal vamos repetir estes domingos assim mais vezes! Se eu já sou fã do outono desde sempre, aqui nos Alpes, acho o outono a estação mais hygge. Vou reler estes textos (da Mafalda, sempre tão inspiradora e da Catarina, com pontos de vista diferentes e ideias tão giras)  para tornar a nossa casa ainda mais acolhedora e preparada para a chegada do nosso bebé!
E também ajuda bastante ler textos inspiradores como este da Ana Francisca Guimarães, que fala do autocuidado que nunca deve faltar nas nossas vidas. 

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

De volta à rotina

via
As aulas já começaram há mais de um mês, a rotina instalou-se logo e as neuroses voltaram. Detesto coisas pendentes, mas isso é o que mais há aqui. 30 semanas de bebé Tó que já me pedem que desacelere, mas está difícil. Quero fazer um monte de coisas antes de nascer a criança, mas ainda me esperam 2 semanas de aulas (incluindo teste às minhas 9 turmas!), portanto haverá 110 testes para corrigir durante a última quinzena de outubro. O que vale é que aqui na Suíça há pausa letiva a cada 7/8 semanas e no fim de outubro há férias e já não regresso ao trabalho.
Mas no meio disto tudo, só penso em ir passar um fim de semana fora a três, porque daqui a umas semanas seremos 3+1 bebé e vai ser espetacular!! Mas há que aproveitar bem este tempo ainda só com a miúda fofa cá de casa.

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

É hoje :)


E começa hoje mais um ano novo aqui por casa! Já chegaram os 34 à dona aqui do estaminé e estou feliz!

Tenham um bom dia!

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Cenas de mãe #26 - Tempo de faxina


Uma pessoa chega de férias relaxada e descansada, mas com as malas para desfazer e a casa para organizar e isso parece uma tarefa infindável! Chegámos a casa no sábado à tarde e depois de muuuitas horas de carro, vínhamos todos de rastos, mas ainda assim fomos ver as galinhas e à horta e ainda houve arroz de ervilhas biológicas (como diz a minha mãe) para o jantar. Comecei a orientar as coisas por aqui, mas os 6 meses de gravidez nem sempre ajudam e o cansaço é maior.
Domingo foi dia de acordar devagar e aproveitar a casa e continuar as arrumações. Ainda tenho roupa nas malas, mas pelo menos a cozinha já está operacional (ainda tivemos de descongelar o congelador, que tinha ficado com a porta mal fechada e aproveitei e limpei o frigorífico) e com a despensa e o frigorífico abastecidos.
Hoje vai ser dia de ir ver o nosso bebé, mas conto conseguir dar uma arrumação às roupas, porque detesto ver as malas muito tempo por arrumar.
Vou tratar do pequeno-almoço e depois arrumar a loiça da máquina e estender a roupa para pôr esta casa num brinco antes de começar a trabalhar!

Um dia feliz :)

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Cenas de mãe #25 - Não, mãe!

A palavra mais repetida pela Luísa nos últimos tempos é 'Não!' e às vezes fico sem paciência!

'Filha, vamos tomar banho?' Não!
'Vamos comer?' Não!
'Vamos calçar os sapatos?' Não!
'Vamos vestir?' Não!
'Vamos passear?' Não!

Eu sei que as prioridades dos miúdos e as nossas raramente estão alinhadas, mas há alturas em que tudo serve para afirmar a personalidade e as vontades. Tenho tentado levar a coisa a bem, mas às vezes há berros e admito que também tem havido algumas palmadas....

Durante as férias a nossa relação enquanto família foi mais suave, mas mesmo assim houve guinchos da pequena e caras feias e muitos 'Não'!!

domingo, 19 de agosto de 2018

Depois das férias

Não há nada tão reconfortante depois chegar a casa depois de uma longa viagem, tomar um banho, vestir um pijama lavado e deitar na nossa cama feita de lavado. Não tem preço!
As malas por desfazer podem esperar por amanhã!

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Say hi to Miss Mimi!

Voltámos a ter um gatinho bebé :) e desta vez é uma gatinha (supostamente...) toda preta e é tão fofa como esta da imagem! A Luísa delirou! Só é pena que quando voltarmos de férias já não está assim pequenina, mas será super fofa na mesma :)
Para escolher o nome da bichana é que não foi lá muito fácil porque tinha de ser um nome fácil e que a Luísa conseguisse dizer, por isso ficou Mimi e realmente a gatinha é um mimo.

P.S. - Era a Mimi, mas afinal agora é o Macarron!! Há coisas difíceis de distinguir ;)

terça-feira, 24 de julho de 2018

Vamos chamar o verão?

via

Por aqui a miúda cereja e a mãe cereja já estão por terras lusas há quase duas semanas e já deu para fazer muitas coisas, embora este verão esteja meio esquisito. Bem, aqui a mãe cereja grávida até agradece porque se normalmente já não me dou muito bem com o calor, assim em modo grávida, ainda pior!
Já estive com algumas amigas, já fui ao shopping (comprar roupinha gira de grávida e livros! Porque para mim não há férias sem livros, e já li 2!), já fomos à praia, já estive com os meus avós, já fiz coisas giras com a minha boneca e ando a contar os dias até chegar o pai desta família para passarmos umas semanas juntos por cá!

Para além disto tudo, também tenho estado em modo semiprofissional. Uma das minhas amigas até já me disse: 'Só tu para vires de férias e te meteres a fazer cursos!' A bem dizer, eu vim mais cedo exatamente por causa do curso...e aproveitei e ontem fui ao encontro da rede de professores no estrangeiro. E tenho andado a fazer cenas no computador (que é a mesma coisa que dizer, trabalho atrasado...)

Mas porque o verão está por cá, vamos lá ouvir uma musiquinha daquelas muita giras!


Luis Fonsi, Stefflon Don 'Calypso'

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Então o que andas a fazer, Maria Cérise?

via
As aulas já acabaram na 3ª semana de junho e na última semana tive reuniões de pais e o 3º aniversário da Luísa e desde aí tenho andado a organizar coisas e coisinhas aqui por casa!
Não sei se é de mim, mas este ano letivo passou num sopro [Eu havia de pensar nisso naqueles dias mauzinhos, de demasiado stress!] e julho já vai quase a meio e eu ando a riscar tarefas pendentes!
Então vamos lá a fazer uma listinha do que tem havido por aqui:

  • a festa da Luísa (que correu muito bem e pela primeira vez a Luísa teve amiguinhos na festinha!) e fiquei super feliz por ver o sorriso dela e a alegria dos convidados. Escolhi o tema dos animais da quinta e comprei as decorações à My Little Love e não fiquei desiludida! Enviaram para a Suíça e chegou tudo direitinho e a miúda dos anos só queria mexer nos bonequinhos. Acho que é bom sinal ;)!
  • tarefas burocráticas da escola para fechar o ano (já terminei uma série de tarefas e já arrumei montes de papel e quero deixar tudo pronto até sábado de manhã!)
  • arrumações e limpezas (amanhã a Luísa vai para a ama para eu poder dar uma volta à casa e deixar tudo arrumado para irmos as duas de férias descansadas e para o pai ficar com as coisas orientadas)
  • organizar a roupa do bebé (bem, não foi bem organizar, mas fomos dar uma vista de olhos à roupa da Luísa que pode servir para o irmão para saber o que tenho de comprar em Portugal). As arrumações propriamente ditas serão só em outubro, em que haverá o armário e a cómoda para organizar e para acomodar a roupinha do bebé :)
  • a bagagem para as férias (ainda não está arrumada, mas já está pensada e é só pôr dentro da mala, e deixar uma mala para o pai levar depois com outras coisas que não caibam na mala de cabine!)
  • Um monte de roupa para passar a ferro que já viu melhores dias, ou eu é que já andei com mais vontade...mas ia gostar muito de conseguir passar tudo até irmos, mas acho difícil...

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Cenas de mãe #24

via
A minha miúda já fez 3 anos no dia 28 e eu nem vim aqui escrever nada! A verdade é que a Luísa está a tornar-se uma companheira espetacular, muito amorosa e rabina, e é verdade que acompanhar o crescimento dela é o melhor dos meus dias! Todos os dias há coisas novas que ela faz, palavras novas que diz e isso é o máximo! 
Nunca pensei que ser mãe fosse mudar tanto a minha vida, nem a minha perspetiva das coisas, mas desde o dia 28 de junho de 2015 até ao dia de hoje, já cresci tanto enquanto pessoa que até fico parva! É óbvio que nem tudo é fácil (e nem estou a falar das más noites, nem da logística que ter filhos nos traz, deixo esses temas para os milhentos blogues de maternidade e de parentalidade) e gerir o meu 'eu' de antes para o agora é dificílimo! Nunca mais vou ser aquela pessoa de antes de ser mãe e, pensando bem, nem quero, mas conciliar a maternidade com a gestão das expectativas, a gestão doméstica e com o meu trabalho não é nada fácil!
E em dezembro vem lá outra fofura para desequilibrar a minha vida ;) a ver vamos como vai correr, mas daqui até lá há que relembrar coisas fofas (reler as coisas que escrevi nessa altura) e criar memórias com a nossa boneca!

E as férias estão quase aí! Yay!

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Uhuh! Novidade daquelas mesmo boas!

via
A nossa boneca vai fazer 3 anos agora no fim de junho (como é que é possível?? ainda ontem estava na maternidade!!) e é um furacão! É uma explosão de alegria, boa disposição, fofice, mas também faz umas birras gigantescas que me tiram do sério, mas tem sido a melhor coisa que nos aconteceu na vida. Nunca pensei muito em ser mãe, mas realmente acho que é um papel que me assenta bem :) e me fez mudar a perspetiva da vida toda! Nem sempre é um mar de rosas, mas em geral é muito bom!

E como é tão bom, começámos a pensar noutro bebé e daqui a uns meses vai chegar cá a casa o mano da Luísa e nós estamos felicíssimos! <3 p="">
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...